Pró-Saúde está entre as 500 maiores instituições do País

Vigor financeiro da associação é atestado pelos ranking dos jornais Valor Econômico e O Estado de S. Paulo e das revistas Exame e IstoÉ Dinheiro.

 

Os investimentos da Pró-Saúde em seu modelo de gestão estão rendendo frutos. A edição 2015 dos quatro principais rankings empresariais do Brasil, o especial “Maiores e Melhores”, da revista Exame,  o “Valor 1000”, publicado pelo jornal Valor Econômico, a “As Maiores da Dinheiro”, organizado pela revista IstoÉ, e a “Empresas Mais”, elaborada pelo jorna O Estado de S. Paulo, colocaram a Pró-Saúde entre as 500 principais instituições do País.

No ranking da Editora Abril, a Pró-Saúde ficou na 414a colocação entre as mil maiores, 70 posições acima da edição de 2014. Além disso, ela foi a corporação que mais cresceu no setor em que foi classificada, o de Serviços. O aumento foi de 33,4% em vendas líquidas, descontada a inflação do período. Já no especial do Valor, a entidade ficou em 325o lugar, também em um universo de mil companhias.

 

Maiores e Melhores

maioresemelhores

O estudo da Editora Abril, que está em sua 42a edição e elege as maiores companhias, é realizado em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Contábeis, Atuariais e Financeiras (Fipecafi).

São analisados 18 setores da economia, como serviços, indústria, varejo e bens de capital. Para chegar aos mil nomes relevantes, a equipe analisa os dados de três mil empresas, levando em conta 80 mil aspectos financeiros. “Os indicadores que pesam são os que mostram a excelência empresarial, como a taxa de crescimento da receita, a liquidez corrente e a riqueza gerada por empregado. Da coleta de dados até a publicação do anuário, são cerca de seis meses de trabalho”, conta Ernesto Yoshida, editor do especial.

“Figurar entre as 1000 maiores significa fazer parte da elite empresarial, estar no pelotão de frente dos negócios no Brasil. Entendemos que Melhores e Maiores é uma espécie de ‘bíblia dos negócios’ no Brasil, uma publicação reconhecida por estar há mais de 40 anos no mercado”, acrescenta Yoshida.

 

 

As Maiores da Dinheiro

O guia corporaticatsvo “As Maiores da Dinheiro” revelou as melhores empresas do Brasil em 2015. Aseleção da revista consideraquem se destacou emgestão financeira, governança corporativa, responsabilidade social, recursos humanos, inovação e qualidade, nos mais difetentes setores. Classificada na 331ª posição, a Pró-Saúde, na comparação entre 2013 e 2014, registrou uma variação de 38,5% em sua receita – um dos principais aspectos levados em conta para definir o ranking.

 

 

Valor 1000

1000

 

Publicado há 15 anos, o Valor 1000 é desenvolvido em conjunto com a Fundação Getulio Vargas e a Serasa Experian. Nesta edição, além de figurar entre as 500 maiores companhias no ranking geral, a Pró-Saúde obteve posição de destaque no segmento de Serviços Médicos.

 

No quesito rentabilidade, a associação ficou em 6o lugar. A receita de 2014 foi a 8a maior do setor, e o giro do ativo foi o 4o mais expressivo em todo o setor.

 

Estadão

thumbs

Na pesquisa Empresas Mais, elaborada pelo jornal O Estado de S. Paulo, ocupa o 6° lugar, entre as 10 maiores instituições do País no setor de Saúde. Realizado em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA), o levantamento relaciona quais são as empresas de mais alto impacto na economia brasileira, em 22 setores. A metodologia aplicada analisou as empresas em quatro dimensões financeiras: receita, lucratividade, porte de consistência histórica dos resultados.