Trabalho do Instituto do Cérebro é destaque em premiação

Paulo Niemeyer Filho, diretor-médico do IECPN, gerido pela Pró Saúde, recebe prêmio no Rio de Janeiro

 

Nova Diretoria Estatutária da Pró-Saúde

Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar – foi eleita por unanimidade, em abril, para o exercício de 2014/2015. O mandato é válido por um ano. O presidente da Pró-Saúde, Dom Eurico dos Santos Veloso, foi reeleito. Os outros integrantes foram: D. Hugo da Silva Cavalcante, OSB (vice-presidente), Marcio Gonçalves Moreira (secretário) e Monsenhor Marco Eduardo Jacob Silva (tesoureiro). A Pró-Saúde tem mais de 45 anos de atuação em todas as regiões do País, em 11 Estados. IECPN recebe Prêmio Faz Diferença O neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho foi um dos vencedores do Prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo, do Rio de Janeiro, em março. O médico ganhou na categoria Rio, em reconhecimento ao trabalho desenvolvido no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IECPN), na capital fl uminense. O IECPN, elaborado e dirigido pelo neurocirurgião, é o único centro do país dedicado exclusivamente ao tratamento cirúrgico de doenças cerebrais. O Prêmio Faz Diferença já está na 11ª edição e homenageia os brasileiros que mais contribuíram para transformar o país.

1

 

Jundiaí tem queda na taxa de mortalidade infantil

A Secretaria de Saúde de Jundiaí (SP), teve redução na mortalidade infantil em 2013. O índice de óbitos para cada mil nascimentos fi cou em 9,71, o que representa diminuição de 9,14%, em relação a 2012. Esse resultado teve a colaboração do Hospital Universitário de Jundiaí, que realiza partos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), com média de 300 procedimentos por mês. Recentemente, o HU implantou a oximetria de pulso, exame que mede o nível de oxigênio no sangue de recém-nascidos e acelera o diagnóstico de cardiopatias congênitas críticas. Mais conhecido como “teste do coraçãozinho”, esse procedimento dura entre um e três minutos e detecta a má formação do sistema cardíaco, mesmo se o bebê não apresentar nenhum sintoma visível.

2

 

Altamira mantém ONA nível II

O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira (PA), manteve a certifi cação nacional Acreditado Pleno ONA nível II. A unidade é a única da área da Transamazônica, com atendimento 100% SUS, a ter esse reconhecimento. O foco foi a segurança do paciente e melhores práticas para a assistência. Desde a primeira acreditação, em 2010, o HRPT, vem continuamente mantendo as certifi cações, por meio de auditorias anuais. De acordo com o relatório apresentado pela Fundação Vanzolini, o hospital melhorou significativamente os processos de gestão e atendimento ao usuário.

3